Lousa

A ardósia negra é um dos maiores símbolos da freguesia que sai das entranhas das serras de Valongo.

As lousas e as penas escolares permitiram a milhares de pessoas o acesso à leitura e à escrita, através de um material ecológico e em constante reciclagem. A ardósia formou-se há cerca de 350 milhões de anos com a concreção dos sedimentos arrastados pelos rios para o fundo do mar, através de fortes pressões e temperaturas muito elevadas.

Usada desde sempre para as mais variadas aplicações, viu a sua extração ser industrializada em meados do séc. XIX, através da companhia inglesa “The Vallongo Slate & Marble Quarries”.